terça-feira, 19 de julho de 2011

A Origem - Inception

Warner Bros. Pictures
Direção / Directed by: Christopher Nolan
Produção / Preduced by: Christopher Nolan, Emma Thomas
Roteiro / Written by: Christopher Nolan
Elenco / Cast: Leonardo DiCaprio, Ken Watanabe, Joseph Gordon-Levitt, Marion Cotillard, Ellen Page, Cillian Murphy, Tom Hardy, Tom Berenger, Michael Caine et al.
Música / Music by: Hans Zimmer
Fotografia / Cinematography: Wally Pfister
Edição / Editing by: Lee Smith
Distribuição / Distributed by: Warner Bros. Pictures

Tenho tido sonhos muito realistas ultimamente. O mais legal é saber que se está sonhado, e ter quase controle da situação, o chamado sonho lúcido. Com isso em mente, assisti a A Origem, filme de sucesso que foi lançado ano passado.

Filmaaaaaaaaaaaaaço!!!!!!!!!!!!!!

O enredo é bem complexo, difícil de entender até, mas muito bom. Um grupo de pessoas é especializada em usar sonhos induzidos para roubar ideias da mente das pessoas, cobrando por isso. Mas quando um cliente (Ken Watanabe) pede que seja plantada uma ideia, as coisas se complicam para o grupo que contém Cobb (Leonardo DiCaprio), Arthur (Joseph Gordon-Levitt), Eames (Tom Hardy), Yusuf (Dileep Rao) e a iniciante Ariadne (Ellen Paige mal aproveitada). Há elementos de um típico filme de assalto, mas as coisas começam a dar errado quando Mal (Marion Cotillard), a falecida esposa de Cobb, se manifesta a partir das memórias nos sonhos dele, atrapalhando os planos.

Os efeitos especiais (com pouquíssimo uso de computação gráfica) são excelentes, dando dimensões surrealistas às cenas de ação. O excelente elenco (destaque para Marion Cotillard) faz um grande trabalho, e a direção é bem conduzida. Há muito tempo não assistia um filme tão ousado, tão surpreendente. E que dependesse tanto da inteligência do espectador.

Uma injustiça A Origem ter ganhado só prêmios técnicos.

I've had some very realistic dreams lately. The coolest part is knowing that you are dreaming, and try to have some control of what's happening, that's called a lucid dream. With this in mind, I've just watched Inception, a successful movie released last year.

GREAT!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

The story is rather complex, difficult to grasp sometimes, but thrilling anyway. A group of criminal use induced dreams to steal ideas from people's minds. But when a client (Ken Watanabe) asks an idea to be put inside a corporate enemy's head, things go awry to the group headed by Tom Cobb (Leonardo Di Caprio) and composed of Arthur (Joseph Gordon-Levitt), Eames (Tom Hardy), Yusuf (Dileep Rao) and rookie Ariadne (Ellen Paige). Inception has elements typical of a heist film, problems arise when Cobb's deceased wife, Mal (Marion Cotillard) manifests within Cobb's dreams, trying to sabotage the plans.

Visual effects (with little use of CG) are excellent, giving surrealistic tones to action scenes. The cast did an excellent job (especially Marion Cotillard) , and Nolan directs the picture like a maestro. It's been quite a long time since I last watched an innovative movie like this one. Inception neatly depends on the audience's intellingence.

It's so unfair that Inception did not win awards in more artistic categories.

2 comentários: