segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Jogo de Poder - Fair Game

Summit Entertainment
Direção / Directed by: Doung Liman
Produção / Produced by: Jez Butterworth, Akiva Goldsman, Doug Liman, Bill Pohlad, Jerry Zucker, Janet Zucker
Roteiro / Written by: Jez Butterworth, John Butterworth
Elenco / Starring: Naomi Watts, Sean Penn, Noah Emmerich, Ty Burrel, et al.
Ano / Release date: 2010
Distribuição / Distributed by: Summit Entertainment


Eu gosto de bons filmes. Um dos meus gêneros favoritos é o thriller político. Um bom thriller político, de preferência. Se for um bom thriller político com excelente atuação, melhor ainda. Mas se o tal bom thriller político com excelente atuação for baseado em fatos reais, aí me agradou de vez.

Jogo de Poder é baseado nos eventos do escândalo político americano conhecido como "Plamegate". Seguindo Valerie Plame (Naomi Watts), agente secreta da CIA, que descobriu, entre outras coisas, que o Iraque não tinha armas de destruição em massa coisa nenhuma, e seu marido, o embaixador aposentado Joseph Wilson (Sean Penn), que entre outras coisas, descobriu que a venda de urânio do Níger para o Iraque de Saddam Hussein foi forjada.

É lógico que tais descobertas desagradaram um governo que estava desesperado para legitimar ações bélicas que já eram impopulares. Segue-se então uma perseguição moral, um verdadeiro bullying contra Plame e sua família, destruindo sua carreira e (quase) também seu casamento.

Uma das grandes sacadas do filme foi utilizar noticiários reais nas cenas. Além do mais, a atuação foi primorosa. Meu destaque vai para Sean Penn. Eu nem gosto muito dele, mas nesse filme ele deu alma ao personagem sem aquele ar arrogante e moralista típico de quem é ex da Madonna.

Mais do que isso, Jogo de Poder nos ajuda a ser críticos, buscar informações concretas. Não acreditar de cara em quem afirma te representar, sejam essas pessoas os poderosos, a mídia ou mesmo as pessoas próximas em quem você confia.

I enjoy good movies. One of my favorite genres is the political thriller. A good political thriller, if possible. If it's a good political thriller with great acting, it's even better. But teh best kind of political thriller are those that are also based on true events.

Fair Game is based on the event known in the US as "the Plamegate scandal," following the life of Valerie Plame (Naomi Watts), a CIA agent who, among other things, found out that Iraq never really had weapons of mass destruction, and her husband, retired ambassador Joseph Wilson (Sean Penn), who, among other thing, found out that the sale of Niger urarium to Saddam Hussein's Iraq was forged.

Of course, such discoveries did not please a government eager to find legitimacy to a war that already had little popular support. What follows is a series of actions of bullying againt Plame and her family, actions that destroyed her career and almost destroyed her marriage.

One of the great ideas Doug Liman had was to use real news footage on the scenes. Besides that, acting was almost flawless. I especially enjoyed Sean Penn's work. Generally, I don't like him very much, but he gave a soul to Joseph WIlson witouth being judgemental and arrogant as he often is.

More than that, Fair Game teaches you to be critical, to look for reliable eveidence. Do not trust beforehand those that claim to represent you, be it the powerful, the media or thoso close to you in whom you deeply trust.

Nenhum comentário:

Postar um comentário